Home
Blog

Instagram Feed

  • ReieRainhadoMar SUP StandUpPaddle EsportesdePraia Remadas
  • Catarina Ganzeli  nadadora federada desde os 12 anos Seuhellip
  • Onde afinal  o melhor lugar do mundo? Nosso palpitehellip
  • ReieRainhadoMar
  • Nathaly Schwartz pratica natao h 11 anos comeou aos 6hellip
  • O ReieRainhadoMar tambm  um evento para toda famlia curtir!hellip
1/2/2017

Vencendo traumas através do esporte

Conheça a história do Leandro Alcântara, que voltou a praticar esportes depois de um trauma sofrido em uma partida de futebol e acabou se encantando pelas corridas e pela natação

Morador da baixada Fluminense, vindo de família humilde, Leandro nunca teve tempo nem aptidão para se dedicar a prática de esportes. Ao jogar uma partida de futebol com amigos de trabalho, sofreu uma grave pancada na cabeça que resultou em um traumatismo craniano. Devido à gravidade da situação, teve que ter acompanhamento de um neurocirurgião por três meses e resolveu não se arriscar mais em esportes coletivos e de alto impacto.

 

Depois do susto, passou a praticar corrida de forma descompromissada, pelo simples intuito de perder peso e por ser uma modalidade individual e mais conservadora. O tempo foi passando e ele foi convidado para participar de um circuito de rua através de uma academia e, dali pra frente, fez da corrida o seu estilo de esporte e de vida. Participou de várias provas incluindo meias maratonas e se encantou pelo Circuito Rei e Rainha do Mar, onde estreou em 2016, na modalidade Beach Biathlon, depois de vencer mais um trauma: não saber nadar.

A participação no Circuito Rei e Rainha do Mar já conta como uma vitória pessoal para Leandro

A participação no Circuito Rei e Rainha do Mar já conta como uma vitória pessoal para Leandro que superou um trauma sofrido após uma partida de futebol

“Para piorar minha frustração participei de um passeio de barco, desses que o barco para em alto mar e quem quiser e souber nadar pode pular para apreciar melhor o passeio. Muita gente pulou, inclusive as crianças, e eu fiquei no barco. Um casal de crianças filhos de amigos meu começaram a me indagar de forma curiosa e debochada o fato de eu como adulto não saber nadar, enfim, fiquei com isto na cabeça, mas, ao mesmo tempo, tinha vergonha de entrar em uma academia para começar a aprender a nadar já adulto, achava que iria ter somente crianças”. Conta Leandro que deixou a vergonha de lado e aprendeu a nadar.

Para ele, assim como para muita gente, uma simples participação no Circuito Rei e Rainha do Mar já conta como uma vitória pessoal na busca pela superação.

 

O que falta para você sair da mesmice e ser mais um a superar seus próprios limites em busca de uma vida mais saudável? Supere-se. Sempre!

Tags: , , , , , , ,


Posts Relacionados

Movimento Amo Mar recolheu microlixo na Praia do Leblon Luiz Lima é o porta-voz do Movimento AMO MAR Talvez muitos não tenham percebido, mas, os frequentadores da Praia do Leblon com certeza notaram uma...
Edição KIDS do Rei e Rainha do Mar estreia no Rio de Janeiro Crianças participam do Rei e Rainha do Mar pela 1ª vez em Ubatuba-SP Pela primeira vez na sua história, uma etapa no Rio de Janeiro do Rei e Rainha ...

Deixe um comentário